top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

A psilocibina pode mudar suas crenças políticas?

Atualizado: 26 de jan. de 2023


Um ensaio piloto realizado pelo Imperial College London sugere que a psilocibina pode alterar traços de personalidade e até mesmo mudar as crenças políticas. Esse estudo comparou os efeitos da psilocibina em pessoas saudáveis e com depressão resistente. Catorze indivíduos (n = 14) foram randomizados para receber doses orais de 10 e 25 mg de psilocibina, com um intervalo de sete dias entre cada sessão.


Os pesquisadores utilizaram a Nature Relatedness Scale e o Political Perspective Questionnaire para avaliar a conexão com a natureza e a orientação político-ideológica dos participantes. Esses dados foram coletados no início do estudo e no período de acompanhamento, realizado em 1 semana, 7 meses e 12 meses após a última sessão psicodélica.


Os resultados mostraram que houve redução de sintomas depressivos, maior conectividade com a natureza e ainda sugeriram uma visão menos autoritária no espectro político entre os participantes que receberam psilocibina.


Entretanto, vale ressaltar que esse ensaio apresenta limitações, como a ausência de mapeamento do autoritarismo nos partidos políticos atuais e o número pequeno de participantes. A interpretação dos dados também foi criticada pela comunidade científica, pois a redução de crenças autoritárias não atingiu o limiar de significância estatística. De qualquer forma, o efeito entre os participantes também não foi permanente, já que no acompanhamento de 7 a 12 meses a diminuição nessas crenças não foi significante.


Considerando todas as limitações, apenas estudos futuros com metodologias mais robustas poderão responder essa questão.


Referência

Lyons T, Carhart-Harris RL. Increased nature relatedness and decreased authoritarian political views after psilocybin for treatment-resistant depression. J Psychopharmacol. 2018 Jul;32(7):811-819. doi: 10.1177/0269881117748902. Epub 2018 Jan 17.


Disponível na íntegra em:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6047302/

1 visualização0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page