top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Efeitos da descontinuação de antidepressivos antes da terapia com psilocibina


Evidências crescentes têm demonstrado os benefícios da psilocibina no tratamento do transtorno depressivo maior. No entanto, há uma lacuna nos dados de segurança relacionados à combinação de psilocibina com os antidepressivos mais comuns, os inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRSs) e inibidores seletivos da recaptação de serotonina e norepinefrina (ISRSNs). Esses medicamentos são amplamente utilizados na terapia convencional. Além disso, há preocupações sobre possíveis interações negativas que possam afetar a eficácia do tratamento com psilocibina. Como resultado, os participantes de ensaios clínicos muitas vezes são instruídos a interromper o uso desses medicamentos antes do início do estudo, embora existam controvérsias sobre essa orientação.


Para esclarecer essas questões, um artigo publicado no periódico científico Journal of Psychopharmacology apresentou novas informações. A pesquisa, que contou com a participação de cientistas renomados, como David J. Nutt e Robin Carhart-Harris do Imperial Colllege London, investigou os efeitos da interrupção prévia do uso de ISRSs/ISRSNs nos desfechos de um ensaio clínico recente. Este ensaio comparou a eficácia da psilocibina com a do escitalopram no tratamento do transtorno depressivo maior. Análises detalhadas foram realizadas para investigar o efeito dessa interrupção em diversas escalas validadas de gravidade dos sintomas depressivos e de bem-estar. O estudo também explorou o impacto da interrupção do uso de ISRSs/ISRSNs na experiência psicodélica aguda.


Foi observado que no grupo da psilocibina, houve uma redução do efeito terapêutico em todas as medidas de desfecho clínico para aqueles que interromperam o uso de ISRSs/ISRSNs, em comparação com pacientes não medicados. Entretanto, não foram encontrados efeitos da interrupção nas medidas de experiência psicodélica aguda.


Os autores da pesquisa concluíram que a interrupção do uso de antidepressivos antes da administração de psilocibina pode diminuir a resposta ao tratamento. É importante ressaltar que a continuação do uso de ISRSs/ISRSNs não foi testada neste estudo. Para complementar, um ensaio clínico piloto conduzido pela COMPASS Pathways já indicou que a coadministração de ISRSs e psilocibina foi segura e eficaz, mas destacou a necessidade de investigações mais aprofundadas.


Referências

Erritzoe D, Barba T, Spriggs MJ, Rosas FE, Nutt DJ, Carhart-Harris R. Effects of discontinuation of serotonergic antidepressants prior to psilocybin therapy versus escitalopram for major depression. J Psychopharmacol. 2024 Mar 22:2698811241237870. doi: 10.1177/02698811241237870. Epub ahead of print. PMID: 38520045.


Disponível na íntegra em:


Goodwin GM, Croal M, Feifel D, Kelly JR, Marwood L, Mistry S, O'Keane V, Peck SK, Simmons H, Sisa C, Stansfield SC, Tsai J, Williams S, Malievskaia E. Psilocybin for treatment resistant depression in patients taking a concomitant SSRI medication. Neuropsychopharmacology. 2023 Jul 13. doi: 10.1038/s41386-023-01648-7. Epub ahead of print. PMID: 37443386.


Disponível na íntegra em:


9 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page