top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Estudo investiga a influência do estado civil e da família nos efeitos terapêuticos de psicodélicos clássicos

Atualizado: 14 de mar.


Como o estado civil e a família (número de pessoas vivendo em uma casa) podem influenciar os efeitos terapêuticos dos psicodélicos clássicos? Um artigo publicado na revista científica PLoS One investigou essa relação, utilizando uma amostra representativa da população dos Estados Unidos  (N = 674.521). 


O estudo revelou que os benefícios do uso de psicodélicos clássicos para a saúde mental varia de acordo com o tamanho da família. As famílias maiores foram associadas a níveis mais altos de sofrimento psicológico entre usuários. Além disso, foi observada uma associação mais significativa entre o tamanho da família e o sofrimento psicológico em usuários casados, divorciados e viúvos. 


Apesar das limitações, este estudo fornece evidências preliminares de que a sociedade desempenha um papel fundamental na eficácia dos psicodélicos. O autor do estudo ainda ressalta que a terapia assistida por psicodélicos pode não produzir os melhores resultados ou, pior ainda, pode exacerbar os problemas de saúde mental se as pessoas não tiverem relações familiares ou sociais de apoio fora do ambiente clínico.


Referência

Viña SM. Diminished psychedelic returns on distress: Marital status and household size. PLoS One. 2024 Mar 7;19(3):e0293675. doi: 10.1371/journal.pone.0293675. PMID: 38451885; PMCID: PMC10919602.


Disponível na íntegra em:

4 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page