top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Estudo investiga associações entre o uso de psicodélicos e sintomas psicóticos


Cientistas utilizaram dados representativos das populações adultas dos Estados Unidos e Reino Unido (n = 9732) para investigar associações entre o uso de psicodélicos e mudanças no número de sintomas psicóticos, em um período de 2 meses após a administração dessas substâncias.


As análises estatísticas mostraram que o uso de psicodélicos durante o período do estudo não foi associado a uma mudança no número de sintomas psicóticos, exceto nos casos de indivíduos com histórico pessoal ou familiar de transtorno bipolar, onde o número de sintomas aumentou. Contudo, o número de sintomas diminuiu em indivíduos com um histórico pessoal (mas não familiar) de transtornos psicóticos.


Embora esses resultados devam ser interpretados com cautela, uma possível explicação é que, enquanto o uso de psicodélicos parece atenuar (ou não afetar) o risco de psicose em indivíduos com histórico pessoal de transtornos psicóticos, os estados maníacos com características psicóticas podem aumentar em indivíduos com histórico pessoal ou familiar de transtorno bipolar. Os autores do estudo dizem que essas hipóteses devem ser aprofundadas em pesquisas futuras.


Referência

Honk L, Stenfors CUD, Goldberg SB, Hendricks PS, Osika W, Dourron HM, Lebedev A, Petrovic P, Simonsson O. Longitudinal associations between psychedelic use and psychotic symptoms in the United States and United Kingdom. J Affect Disord. 2024 Jan 25:S0165-0327(24)00218-0. doi: 10.1016/j.jad.2024.01.197.

3 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page