top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Estudo sugere que a psilocibina pode apoiar os sobreviventes de experiências adversas na infância

Atualizado: 20 de out. de 2023



As experiências adversas na infância são caracterizadas por fatores estressores desencadeados em ambientes familiares disfuncionais e em situações como bullying, doenças, divórcio e morte dos pais, dificuldades econômicas, maus tratos, guerras, entre outras. Sobreviventes dessas experiências têm um risco significativamente maior de desenvolver angústia psicológica a longo prazo, já que essas adversidades podem afetar a saúde física e mental ao longo da vida e até aumentar a probabilidade de morte precoce.


Nos últimos anos, o interesse na medicina psicodélica destacou o potencial terapêutico da psilocibina para indivíduos que enfrentaram tais situações adversas na infância. No entanto, as terapias com psilocibina ainda são restritas, enquanto o uso recreativo da substância, embora ilegal em muitos países, permanece a principal via de acesso.


Um estudo observacional publicado no Journal of Psychoactive Drugs sugere que o uso recreativo da psilocibina pode ter um potencial benéfico no tratamento de pessoas que vivenciaram esses eventos estressantes. Por meio de uma pesquisa online, os cientistas avaliaram a aceitabilidade, o interesse e as experiências com a psilocibina entre indivíduos que enfrentaram essas adversidades (N = 1249). O Questionário Sobre As Experiências Adversas na Infância (ACEQ) também foi aplicado para investigar se a angústia psicológica era menor entre aqueles que usaram a substância nos últimos três meses.


Os resultados do estudo demonstraram um alto nível de interesse e aceitabilidade da psilocibina entre os participantes. Uma proporção considerável de entrevistados usou psilocibina durante a vida (76,1%) e nos últimos seis e três meses (44,7%). Além disso, foi observado que o impacto das experiências adversas na infância sobre a angústia psicológica foi menor em pessoas que haviam usado psilocibina recentemente.


Resumindo, essas descobertas sugerem que a psilocibina pode apoiar os sobreviventes de experiências adversas na infância, com benefícios particularmente notáveis para aqueles que enfrentaram adversidades mais severas.


Referência

Card KG, Grewal A, Closson K, Martin G, Baracaldo L, Allison S, Kruger DJ, Walsh Z. Therapeutic Potential of Psilocybin for Treating Psychological Distress among Survivors of Adverse Childhood Experiences: Evidence on Acceptability and Potential Efficacy of Psilocybin Use. J Psychoactive Drugs. 2023 Oct 10:1-11. doi: 10.1080/02791072.2023.2268640. Epub ahead of print. PMID: 37815125.

4 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page