top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

O impacto das experiências psicodélicas nas práticas de meditação: resultados de um novo estudo



Algumas pesquisas já relataram que a combinação do uso de psicodélicos clássicos e meditação oferece benefícios potenciais para a saúde mental. No entanto, a relação entre as experiências psicodélicas e o envolvimento subsequente em práticas meditativas ainda é pouco conhecida.


Um estudo observacional retrospectivo investigou se existe alguma associação entre as experiências psicodélicas e o engajamento com dois tipos populares de meditação: mindfulness e meditação da bondade amorosa ou compaixão. As análises estatísticas, que incluíram informações de 2.822 participantes adultos dos Estados Unidos, revelaram que o uso de psicodélicos clássicos ao longo da vida (DMT, ayahuasca, LSD, mescalina, peyote, San Pedro e psilocibina) estava associado a uma frequência mais alta de prática atual de meditação mindfulness, mas não à prática atual de meditação de bondade amorosa ou compaixão.


Por outro lado, a ocorrência de insights psicológicos e da "dissolução do ego" durante as experiências psicodélicas mais intensas dos participantes foi associada a uma frequência mais alta de prática atual de meditação mindfulness e meditação de bondade amorosa ou compaixão, embora os efeitos tenham sido mais acentuados para os insights psicológicos do que para a "dissolução do ego".


Embora os resultados deste estudo não possam estabelecer uma relação causal, eles sugerem que as experiências psicodélicas podem exercer um efeito positivo na manutenção de comportamentos relacionados à saúde, como a prática regular de meditação.


Referência

Simonsson C, Chambers R, Hendricks PS, Goldberg SB, Osika W, Schlosser M, Ryde A, Christersson E, Simonsson O. Classic psychedelic use and current meditation practice. Mindfulness (N Y). 2023 Apr;14(4):763-768. doi: 10.1007/s12671-023-02103-w. Epub 2023 Mar 29. PMID: 37693239; PMCID: PMC10485813.


Disponível na íntegra em:

11 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page