top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Pesquisa avalia a opinião de usuários de psicodélicos sobre as políticas existentes nos EUA

Atualizado: 5 de jul.



O acesso aos psicodélicos está em expansão, porém, existem divergências de opinião entre os principais interessados em relação ao controle regulatório, modelos de fornecimento de terapia psicodélica e políticas de descriminalização e/ou legalização. Diante desse contexto, um grupo de cientistas realizou uma pesquisa para avaliar as preferências de 1221 pessoas que fazem uso de psicodélicos, e entender como elas se alinham ou diferem das políticas existentes nos Estados Unidos.

De maneira geral, foi observada uma preferência pelas substâncias naturais em comparação com as sintéticas. Os participantes manifestaram forte apoio à ideia de que as pessoas tenham permissão legal para cultivar e possuir fungos e/ou plantas psicodélicas para consumo pessoal, em vez de comercializá-las ou presentear terceiros. Além disso, eles destacaram a importância de que os psicodélicos sejam administrados com suporte terapêutico. Também demonstraram preocupação com modelos regulatórios que assemelham-se aos do setor farmacêutico, incluindo a possibilidade de concessão de patentes para compostos psicodélicos naturais e sintéticos.

Os autores do estudo afirmam que, à medida que a regulamentação psicodélica avança, é fundamental que os formuladores de políticas considerem essas preferências para garantir que as leis proporcionem acesso seguro e equitativo, além de um suporte médico adequado para o uso dessas substâncias.


Referência

Kruger DJ, Barron J, Herberholz M, Boehnke KF. Preferences and Support for Psychedelic Policies and Practices Among Those Using Psychedelics. J Psychoactive Drugs. 2023 Jun 23:1-10. doi: 10.1080/02791072.2023.2228784. Epub ahead of print. PMID: 37353935.

4 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page