top of page
Buscar
  • Foto do escritorVital Psilo

Cientistas chineses sugerem a dose ideal de psilocibina no tratamento da depressão

Atualizado: 26 de jan. de 2023



Cientistas da Guangzhou Medical University realizaram uma revisão sistemática com metanálise de sete estudos clínicos que avaliaram o impacto da psilocibina no tratamento da depressão. Os pesquisadores utilizaram modelos estatísticos que combinaram os dados desses estudos e exploraram os efeitos de doses diferentes da psilocibina.


Os resultados publicados no periódico científico Journal of Affective Disorders mostraram que essa substância reduziu os sintomas depressivos de forma rápida e duradoura. A análise de subgrupo sugeriu que o efeito antidepressivo foi extremamente significativo em uma dose relativamente alta (30-35 mg/70 kg) e quando usado em pacientes com depressão primária.


É importante lembrar que essa revisão sistemática com metanálise incluiu apenas sete estudos que apresentaram qualidades metodológicas variáveis, desfechos divergentes e limitações quanto ao número pequeno de participantes (n = 136). Porém, esses dados preliminares sugerem que a psilocibina produz um efeito rápido e contínuo na redução de sintomas depressivos e que sua dose ideal pode ser 30-35 mg/70 kg ou superior.


Os cientistas chineses ainda destacam que somente estudos futuros poderão validar esses achados, pois atualmente, os protocolos dos ensaios clínicos psicodélicos utilizam doses entre 10 e 25 mg de psilocibina.


Referência

Li NX, Hu YR, Chen WN, Zhang B. Dose effect of psilocybin on primary and secondary depression: a preliminary systematic review and meta-analysis. J Affect Disord. 2022 Jan 1;296:26-34. doi: 10.1016/j.jad.2021.09.041. Epub 2021 Sep 17.

4 visualizações0 comentário

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page